I Encontro Artístico Identidade Alagoana - Identidade Alagoana

I Encontro Artístico Identidade Alagoana


Foi com enorme satisfação, que o grupo cultural Identidade Alagoana, realizou no dia 15 de Maio de 2014, no Espaço Cultural Linda Mascarenhas, na capital alagoana, o primeiro Encontro Artístico Identidade Alagoana! Evento esse que veio para simbolizar uma nova fase de produção do grupo.
        Abaixo segue uma crítica escrita pelo jornalista Diogo Braz, do Espaço Cultural Linda Mascarenhas, comentando sua visão sobre esse primeiro Encontro Artístico identidade Alagoana:
         “Uma das características mais marcantes do cenário musical alagoano é que ele é fértil em diversos segmentos: Alagoas é uma terra que possui talentosos artistas produzindo músicas em diversos estilos. Talvez, essa pluralidade seja fundamental para se entender a cultura do estado, possuidor do maior número de folguedos populares no país: esta parece ser a nossa identidade. Não à toa, um grupo de jovens atuantes no universo cultural de Maceió formou uma equipe em torno de um programa de rádio, chamado Identidade Alagoana. A partir daí, o raio de atuação desses dedicados divulgadores da música alagoana se ampliou, montaram um portal de internet (www.identidadealagoana.com) começaram a atuar de forma mais prática, organizando eventos culturais gratuitos, para difundir ainda mais a nossa cultura. Assim, desembarcaram no Espaço Cultural Linda Mascarenhas para realizar o Primeiro Encontro Artístico do Identidade Alagoana, contando com exposições de cartoon de Daniel Fuzarca, produtos artesanais, CDs e camisetas de bandas locais; além dos shows de King Dii; Rodrigo Avelino e Renata PeixotoBruno Berle; e Nó na Garganta.

         A noite teve vocação para o êxito desde a escalação do seu Line Up: nomes novos, que se destacam no cenário pela qualidade de seus trabalhos. A abertura do rapper King Dii mostrou que Alagoas sabe tratar de suas mazelas sociais com rimas bem feitas e ritmo fluído. Rodrigo Avelino, além de ser um compositor de mão cheia, revela-se um cantor melhor a cada apresentação. Na boa companhia da pequena notável Renata Peixoto, Rodrigo mostrou uma coleção de belas canções e Renata provou porque tem presença bastante requisitada em diversos palcos da cidade com sua bela voz em mais uma apresentação cativante. O grupo Nó na Garganta trouxe o resultado agradável da poesia de Eduardo Proffa e a música de Jan Claudio, compondo um quadro interessante da cultura alagoana nos temas das canções. Destaque para a interpretação de Jan Claudio, à capela, para Ave Maria. O folkman Bruno Berle subiu ao palco para encerrar a noite com chave de ouro, mostrando que a nova safra de artistas alagoanos promete que o estado continuará dando bons frutos.         Outro ponto forte da noite foi o formato do evento, com apresentações curtas e eficientes, não dando tempo para o público se dispersar e a apresentação de D2, como um mestre de cerimônias descontraído, interagindo com artistas e público de forma espontânea e divertida. A noite foi um sucesso, repleto de bons momentos, em busca da identidade alagoana. Novos encontros artísticos devem vir por aí, e o único conselho que pode-se dar é: Não perca!”



View post on imgur.com